• Kau Bonnett

Ruas vazias da tua presença


Acordei desejando conectar minha mente na tua, para te contar que eu estou morrendo de saudade. Saudade das nossas conversas e de como virávamos facilmente a madrugada, sem nem ter assunto.  As tuas palavras ainda fazem minha cabeça e perturbam o meu sono. Está difícil frequentar os lugares que você frequenta e não te encontrar, nada mais tem sentido sem você por lá, ou ao meu lado.

Eu luto contra as palavras, luto contra a vontade de te procurar e confessar que eu falei besteira demais. Luto tanto que acabo vencendo e encontrando outras saídas para não te procurar. Este texto é uma delas, onde faço e desfaço linhas, encaixo letras e dou sequência, fazendo sentido ou não esse é o sentido que encontro pra não sair por aí. Para não encontrar outros rostos, histórias e sorrisos, para não me perder novamente e virar texto.   


Ruas vazias da tua presença e eu cheia da tua ausência. 

Com Gratidão,

Kau Bonnett.

"Vá fundo dentro de si mesmo, pois há uma fonte de benevolência preparada para fluir se você continuar."

- Marco Aurélio