Não existe beleza externa


Se o teu olhar julga outros amores, esteja atento ao teu coração. 

Tu não sabe o que sente o outro, tu não sabe o que esconde aquele sorriso, não sabe das histórias alheias nem mesmo quando eles te contam. Engole o teu julgamento e transforma em amor próprio. Não há padrão de beleza quando o riso do outro provoca o riso. E em todos os lugares, existe a beleza, cabe a você perceber. Não julgue os gostos. Antes o gosto do que o desgosto. A felicidade sempre contará pontos, então se o outro estiver feliz, procure estar. Viva para descobrir detalhes, para aperfeiçoar o teu olhar e para vibrar amor. Viva para poder receber tudo o que não julgou e sim, abençoou.Existem conexões sem porquês, apenas por risos e por sentidos. 

Não existe beleza externa para quem lê o outro com a alma.


Com Gratidão,

Kau Bonnett. 

"Vá fundo dentro de si mesmo, pois há uma fonte de benevolência preparada para fluir se você continuar."

- Marco Aurélio