Falo dela


Aos primeiros passos agradeço por mais um recomeço.

O olhar distante busca respostas, enquanto as questões continuam surgindo. Desconverso e respiro fundo, está quase na hora dela se fazer presente. Quase sempre pontual, chega de mansinho, como um leve sopro no ouvido, uma voz suave, quase conseguindo me tocar com seu físico.

Quase tudo, sempre quase. Quase pontual, pois se atrasa, se adianta e às vezes, não vem. Quase me alcançando, pois, consegue apenas e incrivelmente alcançar minha alma e o meu ser.

Quase e sempre. Sempre o choque. 


Falo dela, a pequena e imensa felicidade.


Com Gratidão,

Kau Bonnett.

"Vá fundo dentro de si mesmo, pois há uma fonte de benevolência preparada para fluir se você continuar."

- Marco Aurélio