Kau Bonnett,

Com Gratidão

e com a alma.

NÃO SE RELACIONE COM ESCRITORES

  • junho 29, 2019
  • by


Eles sentem demais e fazem tudo intensamente. 
Eles vão gostar dos seus detalhes e escrever rios de textos e frases sobre você. 
Vão tentar aplicar no relacionamento, tudo o que eles leem e entendem como relacionamento amoroso correto, mas talvez eles sintam diferente, talvez eles não tenham autoconfiança ou segurança o suficiente. Talvez nada para eles seja o suficiente. 
São indecisos, quase o tempo todo eles são indecisos e eles talvez não saibam conviver com isso, provavelmente isso irá te confundir. 
Tudo o que eles escrevem, não é exatamente o que eles são, mas na maioria das vezes o que eles gostariam de ser. 
Eles são extremamente apaixonados. Nas datas comemorativas você irá se sentir um nada, e inclusive não irá conseguir dedicar um texto a eles, mesmo que não seja seu. Porque eles farão questão e não será nem esforço para eles, lhe escrever um texto de quase 100 linhas. 
Quando você se cansar de tudo isso e terminar com eles, a dor deles será intensa e possivelmente transformada em um texto. Todo e qualquer sentimento, nos dedos de um escritor, viram linhas inacabáveis de desabafos felizes e dolorosos. E eu tenho certeza, que todos eles sentem muito por sentir demais tudo. 

Mas se depois de todos esses avisos você ainda quiser ser titulo de um amor que não deu certo, de um best-seller ou de uma história que inspirou um filme. Se mesmo assim quiser experimentar viver intensamente, sentir os detalhes amargos e os ângulos imperfeitos da vida. Se você anseia por alguém que te sinta e que te ame profundamente. Se deseja alguém que ficará te encarando por horas, nos olhos, ou alguém que te fará surpresas inesperadas apenas para te ver sorrir. Se você realmente optar por viver momentos simples e de extrema felicidade antes de um terrível fim… relacione-se com escritores. 

Eles não querem apenas escrever mais um texto sobre mais um alguém que eles amaram, eles querem mostrar ao mundo o poder de um amor, querem que o mundo veja nas entrelinhas o verdadeiro motivo de estarmos vivos. Porque eles sabem que ninguém vive sem a poesia e ninguém morre sem ao menos amar uma vez. 


Com gratidão,
Kau Bonnett.



Photo by Andrew Neel on Unsplash

Kauany Bonnett (1996). Nasceu em Santa Catarina e atualmente reside em São Paulo. Começou escrever com 14 anos de idade. É aficionada pelo comportamento humano e pelos ensinamentos da vida. Por isso, transforma os momentos vividos em palavras.

3 comentários:

  1. Texto incrível, me identifiquei muito com ele, escrever e dar "voz" a sua história e também a outras que mesmo desconhecidas podem se encaixar nas suas palavras escritas.

    ResponderExcluir