Kau Bonnett,

Com Gratidão

e com a alma.

NÃO SERÁ O ÚLTIMO TEXTO

  • agosto 29, 2018
  • by
A verdade é que eu amava acordar antes e te esperar abrir os olhos. Eu amava porque você suspirava e abria o sorriso mais lindo do mundo. Infelizmente eu não pude fazer isso por muito tempo, logo, eu nunca soube se você realmente gostava. 
Eu sei que tivemos pouco tempo (apesar de contarmos mais a intensidade), mas eu te agradeço pelos versos escritos com o teu profundo sentir. Os bilhetes espalhados que encontro por aqui, me fazem sorrir. 
Eu não tenho tido tempo para encontrar outra pessoa e nem me preocupo com isso agora, mas ontem eu pensei em quanta sorte eu tenho de encontrar pessoas tão especiais.
Se quiser saber de mim, os meus dias tem sido cansativos, alguns tem fluido mais e outros estão incríveis, mas isso já não me surpreende. A gente vai mudando, evoluindo e conforme entende como as coisas funcionam, a mente vai entrando na monotonia e aí a gente se esforça para encontrar algo novo, que dê sentido. E está tudo bem, tudo certo!
Eu sei que você não é mais a pessoa de quando nós nos conhecemos, e isso provavelmente é culpa minha. Você dizia "vamos" e eu topava, você dizia "amor" e eu emendava o apelido. O meu sentir agora, é culpa minha. Mas está tudo bem, porquê eu vivi você, e isso pra mim foi incrível. 
Eu sei que você não gostaria de ouvir isso e que provavelmente eu vou te deixar triste, mas eu não conheci ninguém depois de você. Eu já estou acostumada com os meus bloqueios mundanos. Não consigo me conectar assim com outra pessoa qualquer, assim eu digo, com essa conexão espiritual, ou de cosmos, não sei explicar. Mas fica tranquila, mesmo! Isso logo passa.  
Eu não vou deixar de gostar de você, de te admirar e lembrar dos bons momentos que tivemos. Mas estou aprendendo a viver o agora, e por enquanto isso tem me ajudado. Talvez o nosso desencontro seja mesmo questão de fases de vida. Talvez agora seja uma fase que eu só queira sossego. Talvez daqui a pouco você me veja como alguém ideal para construir algo com você, ou talvez você me esqueça semana que vem. 
Mas por fim, como eu disse no começo do texto, eu tenho sorte de conhecer pessoas especiais, e você é uma delas. Eu quero muito te ver feliz! E se eu ainda tiver um tempo, gostaria de te ajudar no que for necessário e a qualquer momento. Amo você! 
Apenas recomeços. 
Com gratidão, 
Kau Bonnett. 




Kauany Bonnett (1996). Nasceu em Santa Catarina e atualmente reside em São Paulo. Começou escrever com 14 anos de idade. É aficionada pelo comportamento humano e pelos ensinamentos da vida. Por isso, transforma os momentos vividos em palavras.

8 comentários:

  1. Tudo o que eu precisava ler ... Obrigado, você é incrível

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, lindo demais kau, palavras inspiradoras.

    ResponderExcluir
  3. Conexões de alma são para sempre!

    ResponderExcluir
  4. Admiro a capacidade de transcrever coisas tão simples do dia a dia em reflexões profundas do comportamento humanos. Obrigada por compartilhar conosco.

    ResponderExcluir
  5. Eu também agradeço aos céus por cada momento vivido, e que hoje só me traz experiencias ... sei que a próxima vez em que estiver sorrindo na cama ao lado de outra pessoa, não vai ser algo banalizado, eu aprendi a lição e estou com as portas abertas para o novo todos os dias. A sede pela novidade as vezes tem me consumindo, mas não me resta muito a não ser deixar o passado em seu lugar e dar espaço pra quem vier...
    Ótimo texto Kau... eu também escrevo a um tempo e por incrível que pareça estou passado por algo semelhante!

    ResponderExcluir
  6. Que texto !! Eu só tenho agradecer a você, pois depois que te conheci, (fui a fundo no seu trabalho), eu só evolui, Obrigada, por tudo!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo texto, pelos textos!!

    ResponderExcluir
  8. Vc é muito evoluída e madura, amo sua sensibilidade.

    ResponderExcluir