Kau Bonnett,

Com Gratidão

e com a alma.

UM ESBOÇO NO ESCURO

  • março 23, 2017
  • by



 Seguia com meus passos pela casa, agora vazia não tinha mais o mesmo aroma. 
Aos poucos tudo foi envelhecendo, as marcas tomaram conta das paredes brancas e os meus passos se tornaram lentos. 
Ela esteve ali, mas agora não mais. Agora não mais em meu olhar, nem mais no meu sorriso e muito menos na doce e exagerada risada. Em nada mais se faz presente.  
Eu ainda a quero aqui, felicidade. Quero que a mesma volte a habitar os meus dias.
De um cômodo incomodo, que eu não quero mais estar. 

Com Gratidão,
Kau Bonnett.

Kauany Bonnett (1996). Nasceu em Santa Catarina e atualmente reside em São Paulo. Começou escrever com 14 anos de idade. É aficionada pelo comportamento humano e pelos ensinamentos da vida. Por isso, transforma os momentos vividos em palavras.

3 comentários:

  1. Olá Kau,

    Lembrei de Vinicius de Moraes, com interpretações fenomenais de Maysa e Adoniram.

    Dependente, querida, convide a felicidade para: ir contigo a uma mesa de bar... para se sentar contigo...

    Texto bacana...

    Ah, olhar seu email, mandei um texto para você por lá (Linhas desde uma terra algo distante:Viena).
    Namastê!

    ResponderExcluir
  2. Irremediavelmente ela está em todas as coisas, principalmente onde ela não habita mais...

    ResponderExcluir
  3. Amo a forma profunda como escreve...

    ResponderExcluir