Kau Bonnett,

Com Gratidão

e com a alma.

ANTES QUE O ANO TERMINE, APRENDA!

  • dezembro 25, 2016
  • by


  Um pouco antes de tudo terminar mais uma vez, ainda há tempo para aprender.
Ao longo desse ano, falhamos inúmeras vezes e nossas ações, trouxeram reações do mesmo valor, aprendizados da mesma altura e alguns, até maiores.

  Algumas (várias) coisas boas e ruins aconteceram comigo este ano, eu as transformei em outras coisas e listei de uma forma mais objetiva para que quem estiver interessado (a), possa absorver e começar um novo ano fazendo um bom uso das mesmas. Espero que aproveitem.

   A primeira coisa que aprendi, e talvez a mais importante delas é que tudo volta. É aquele negócio de "karma". O universo está o tempo todo devolvendo aquilo que mandamos pra ele. 
   A segunda coisa é a certeza de que é a gente quem cria a nossa própria realidade, o nosso mundo. Para alcançarmos os nossos objetivos dependemos sempre de quem colocamos ao nosso lado, do conhecimento que adquirimos, do que criamos para nós, dia após dia.  
   A terceira coisa e uma das mais importantes para mim, é a humildade. O nível mais alto da existência será sempre a humildade. Do ponto de vista humilde tudo é possível e tudo esta ao nosso alcance. Olhos nos olhos e a bondade no coração. Com ela ajudamos ao mesmo tempo que somos ajudados. 
   A quarta coisa que eu aprendi, é que somos responsáveis por evoluir ou não. Cabe a nós fazer da dor o aprendizado e assim crescer. Cabe a nós o tempo, seguir ou voltar, nos adaptarmos a vida e seguir adiante. 
   A quinta coisa que veio como consequência e depois se tornou consciência, foi a responsabilidade. Não há culpados quando se vive sozinho. Você assume a responsabilidade dos teus atos e assim aprende que ser responsável é melhor do que ser vítima. Você aprende muito mais, estando ao lado da responsabilidade. 
   A sexta coisa é que TUDO, exatamente tudo o que fazemos tem um significado, na maioria das vezes não no momento do ato, mas depois. Nossos passos são importantes e sozinhos não conseguiríamos ir muito longe. A relação é importante.
   A sétima coisa e quase a mais importante delas, é a concentração. É importante focarmos no que nos faz bem, nos valores espirituais para continuarmos nos aperfeiçoando. Focando nas coisas boas não haverá espaço para negatividade e irritações. 
    A oitava coisa é aceitar. Aceitar que algumas coisas aconteces porque simplesmente precisão acontecer. Nós só conseguimos entender e realmente aceitar aquilo que vivenciamos, então é importante viver cada mínimo momento, inteiramente. 
    A nona coisa é a hora, o tempo, mas não o do relógio. O tempo "aqui e agora". Só se vive se estiver presente, e esse é o nosso presente, o aqui e o agora. O passado ou o "pensar no futuro" nos distrai e nos impede de viver o que esta acontecendo, nos impede de encontrar algo novo no agora. 
    A décima é uma história se repetiu o ano todo e sempre se repetirá até chegarmos a uma conclusão que mude algo em nosso caminho: Não podemos fazer as mesmas coisas esperando resultados diferentes. Precisamos estar em constante mudança
    A décima primeira é aprender que não há recompensa nenhuma sem trabalho. É preciso ser paciente e continuar trabalhando dia após dia em algo que acreditamos, assim atingiremos os nossos objetivos. 
    A última, mas não menos importante. Recebemos aquilo que merecemos, pois o verdadeiro valor de algo é igual à energia e à força que empenhamos em obter o que desejamos. Só aquele que é capaz de dar é capaz de receber algo inspirador em troca.
  
   E dentro de todas... A gratidão! A cada aprendizado ela esteve comigo e sempre estará. 

Com Gratidão, 
Kau Bonnett. 


Kauany Bonnett (1996). Nasceu em Santa Catarina e atualmente reside em São Paulo. Começou escrever com 14 anos de idade. É aficionada pelo comportamento humano e pelos ensinamentos da vida. Por isso, transforma os momentos vividos em palavras.

4 comentários:

  1. Adorei! É sempre bom saber que não estamos sozinhos e que todos pisamos na bola ao longo do ano, saber que todos estamos em constante aprendizado. Fazer do erro uma lição ou motivo de choro é escolha da pessoa, e acredito que todo mal vem pro bem, talvez porque eu nem acredite no mal de verdade. Todos devemos estar em constante metamorfose com seu autoconhecimento para que possamos evoluir. 2016 ensinou isso muito bem! Que 2017 venha com tudo nos fazendo cada vez melhores! ❤️

    ResponderExcluir
  2. Raquel Marinho Angeliquinta-feira, 12 janeiro, 2017

    só tive oportunidade de ler este texto agora , cheguei ate aqui através do seu canal no youtube, e gratidão eu tenho por você ter escrito tudo o que eu não estava conseguindo enxergar , realmente 2016 foi um ano e tanto , e quero que 2017 seja bem diferente , colocar as palavras em ação , e seguir evoluindo ! Seus textos de alguma forma me conforta e me dão esperanças , este dom é realmente muito belo ... agora você tem uma fã dos seus texto , pelo mundo vou espalhando suas palavras de muita energia .. bj

    ResponderExcluir
  3. Kau, você, seus textos, sua energia, suas palavras de conforto é o que me faz acordar todos os dias, obrigada por me fazer insistir em sobreviver e aprender a viver.
    -A

    ResponderExcluir
  4. gostei dessas flase, manda mas pra que agente possa a retribuir com os outro amigo?

    ResponderExcluir