Kau Bonnett,

Com Gratidão

e com a alma.

NÃO CHORE O TÉRMINO

  • maio 26, 2016
  • by


Me pediram para falar sobre recomeços. Então, aqui vai.

  Começo...
  Recomeço. 

  Consegue ver a diferença? Eu digitei a palavra “começo” e depois “recomeço”, mas eu não apaguei a palavra “começo” para escrever “recomeço” e é isso, na minha opinião que acontece com as nossas vidas. Você pode terminar um relacionamento e começar outro. Chamar este, de recomeço, mas você não pode apagar o que passou, o que viveu, os erros, acertos, não pode apagar as marcas e a história que escreveu. Logo, jamais será um recomeço, será sempre continuação. 
Você continua sendo quem é, continua olhando nos olhos, se apegando a vidas, se apaixonando por detalhes e assim, continuando a sua história. Continua colocando pessoas em seu barco, mostrando sua alma e assim continuando como um ser, crescendo. Você não volta e começa algo novamente, você continua. Com outra pessoa, com outros olhares, com outros lugares, mas com a alma um pouco maior devido as marcas. Com o coração um pouco mais calejado, devido ao aprendizado. Continua como um ser ainda mais completo, por SER quem se tornou. 

Viva a continuação!



Com Gratidão,
Kau Bonnett.

Kauany Bonnett (1996). Nasceu em Santa Catarina e atualmente reside em São Paulo. Começou escrever com 14 anos de idade. É aficionada pelo comportamento humano e pelos ensinamentos da vida. Por isso, transforma os momentos vividos em palavras.

3 comentários:

  1. Maravilhoso, Kau! Indiquei esse tema justamente por ser uma prática diária, em alguns casos difíceis de lidar. Ao acordarmos estamos recomeçando ou começando algo novo ou não e inúmeras em casos precisamos de uma dose extra de força e esperança pra enxergar ou descobrir a beleza e importância dos momentos e pessoas, não se deixar abalar e continuar, assim como deve ser. Ao ler um texto como esse, sem dúvidas irão encher o peito de coisas positivas e de milhares de motivos para não desistir.
    Se quiseres, posso de vez em quando dar alguns outros temas.
    No mais...
    Gratidão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço Luana, pela indicação. É difícil eu conseguir escrever sobre um tema pensado, mas esse, por incrível que pareça consegui. Fique a vontade para sugerir outros temas.

      Gratidão!

      Excluir
  2. achei esse texto por aqui e veio em um momento de turbulências por aqui. e o final desse texto/conselho... kau bonnett todos deveriam ao menos uma vez na vida tropeçar em algum verso teu.

    ps: texto publicado em 2016, não sei se algo mudou por ai, mas dois anos depois por aqui foi como achar aquilo que está bem na nossa frente.

    ResponderExcluir